Parte 2/4 Montar seu Home Theater.

6. E se você está reformando ou comprando um novo imóvel, certamente, está enfrentando o dilema do novo padrão brasileiro de tomadas. Atualmente, todas as tomadas vendidas nas lojas respeitam o novo padrão, que possui formato hexagonal e configuração geralmente tripolar (dois pinos mais aterramento). Alguns fabricantes já aderiram ao novo formato, outros ainda estão se adaptando. Portanto, até que todos os eletroeletrônicos da sua casa já tragam cabos de força compatíveis com o novo padrão, o uso de adaptadores será indispensável. Embora essa não seja a solução ideal, procure por modelos das marcas mais conhecidas e tradicionais e verifique a amperagem. Dê preferência aos adaptadores com capacidade para 15A (ampères), que são vendidos nas melhores lojas do ramo.

7. Montadores de móveis planejados, não possuem qualificação técnica para a instalação de equipamentos eletro eletrônicos, ou cabeamento elétrico. Desta forma, este serviço, deve ser feito por um profissional qualificado.

8. Como a maioria dos sistemas de Home Theater é instalada no living, a incidência de luz natural merece atenção. O uso de cortinas e persianas blackout nas janelas e vidraças é indispensável, sobretudo em projetos com projetor e telão, mais sensíveis nesse aspecto. Em apartamentos de frente para o mar, os moradores dificilmente aceitam a instalação de cortinas, que podem prejudicar a vista. Nesses casos, é melhor desistir do projetor, que vai acabar exibindo imagens sem contraste (“lavadas”), e optar por um TV de plasma ou LED-LCD. Bem brilhantes, esses modelos são capazes de apresentar imagens nítidas em ambientes com um pouco de luz.

9. A iluminação do Home Theater deve ser suave e indireta, com os pontos de luz sendo projetados para o teto ou para as paredes (e nunca em direção à tela). Essa técnica utiliza luminárias de teto ou de canto, tipo spot ou de sobrepor, normalmente embutidas em sancas de gesso ou adequadas ao móvel sob medida  e com foco independente de luz. Além de valorizar o ambiente, automatizar as luzes é um recurso extremamente útil, sobretudo em salas multiuso.

10. Nem sempre a estética é amiga da boa acústica. Uma dica é caprichar nos móveis e objetos de decoração com características absorventes (tapete, cortina, almofada, etc), assim ajudam a promover o equilíbrio acústico.

 

Na próxima semana lançaremos a 3ª parte, aguardem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *